Por que fazer um curso de home care?

Os serviços de home care, ou atendimento domiciliar, são uma tendência do mercado, principalmente para os cuidados voltados ao público da terceira idade. Você, que gosta de cuidar de pessoas e está em busca de uma recolocação no mercado, já pensou em atuar nessa área?

No artigo de hoje, vamos falar sobre a carreira neste segmento da saúde e como se preparar para ser um profissional de home care por meio de cursos profissionalizantes.

O Brasil está envelhecendo

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do IBGE, a quantidade de idosos no Brasil teve um aumento de 18% nos últimos 5 anos, superando a marca dos 30 milhões.

Isso é resultado do aumento da expectativa de vida do brasileiro, que atualmente vive em média 76 anos. De fato, a população de idosos deve crescer e viver cada vez mais nos próximos anos. De acordo com a Projeção da População do IBGE, quem nascer em 2060 poderá chegar a 81 anos. Neste cenário, cresce também a demanda e a necessidade de atendimento especializado e humanizado para esse público.

Mas afinal, o que é home care?

O home care é a atividade de atendimento de saúde domiciliar para quem precisa de acompanhamento durante um tratamento ou de auxílio na rotina de cuidados diários.

No caso de pessoas idosas, o cuidador oferece apoio, cuidando da higiene e da alimentação, administrando doses de medicamentos, fazendo companhia e atuando com as ferramentas necessárias para zelar pela saúde física e psicológica.

Além de atender em casa, o profissional pode atender também em hospitais e casas de repouso. O cuidador ganha um salário médio inicial de R$ 1.271,82, podendo chegar ao teto de R$ 1.948,63.

Mas para desempenhar suas atividades, é necessário ter um perfil paciente, responsável e prestativo e se qualificar para garantir conhecimentos sobre o envelhecimento e os cuidados com os idosos.

Qualificação faz a diferença no seu currículo

O curso de Home Care (Cuidador de Idosos) da Octa Treinamentos oferece aprendizado sobre cada fase do envelhecimento e as principais atividades sobre o cuidar.

Com uma carga horária de 55 horas, os alunos aprendem o que é ser um cuidador de idosos formal e informal e suas funções; respeito à privacidade física, direitos e hábitos; a importância da atividade física; adaptação do ambiente; vestuário; pontos importantes do Estatuto do Idoso; como medir corretamente a pressão arterial e noções iniciais de primeiros socorros. É possível também fazer o curso na modalidade à distância.

Ficou interessado em atuar nessa área e dar início a uma nova trajetória profissional? Então visite nosso site e conheça a página do curso. Sem dúvidas, essa é uma das profissões do presente e do futuro. Não fique de bobeira, invista na sua carreira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

.